Foodtherapy: Arrí forneria

A fachada exprimidinha do restaurante não faz jus ao que sai de sua cozinha. Localizado na esquina da avenida Roberto Mascarenha Brito com a rua Dr Roland Simões, na Cruz das Almas o aconchegante restaurante especializado em comidas de forno é uma agradável supresa para quem busca algo saboroso para encerrar o dia. A frente do cardário, Guilherme Jordão, que sempre cozinhou por diversão, mas em 2006 começou a transformar o hobby em profissão. Começou trabalhando com assistente de cozinha, quando morava na Austrália para custear os estudos e acabou sendo promovido a Chef de cozinha. Em 2008 voltou ao Brasil e passou a trabalhar no Divina Gulla e desde junho deste ano, junto com a esposa Fernanda, abriu o restaurante Arrí – O nome vem da palavra ají, uma pimenta típica em toda america latina.

Las famosas salteñas

O carro chefe da fornaria são as Salteñas, uma espécie de pastel de forno (conhecida na Argentina e no Uruguia como Empanadas) leva um recheio de carne levemente adocicada, com tempero típico boliviano feito com carne moída de patinho, especiarias, azeitonas, uva passa e canela. A massa é um pouco mais elástica que a massa-podre típica dos pastéis locais, muito mais macia. O recheio é na medida exata de temperado e suculento. O fornaria também oferece uma versão de frango, mas com um tempero mais caseiro, típicamente brasileiro.

Imagem
Las salteñas: o carro chefe da casa

Além das salteñas, o cliente que chegar à fornaría se deparará com simpáticas empadas mineiras, com recheios diversos, que assim como as salteñas, possui uma massa mais elástica, diferente das empadas que estamos habituados. Esses pequenos pecados custam entre R$3 e R$4,50.

Wraps

Para quem quer um lanchinho mais substancial, a fornaría oferece as opções de Wrap, sanduíches enrolados bem recheados e para os mais diversos gostos: frango, salmão, picanha, lombinho, carne de sol e até rúcula com tomate seco. O campeão da casa (e meu preferido) é o de Salmão grelhado com Cream Cheese e Cebola caramelizada, sempre com uma apresentação impecável. O pão caseiro finíssimo fica extremamente crocante, constratando com a cremosidade do queijo e a maciez do salmão, a cebola caramelizada dá o toque que faltva. A combinação mais “regional” de carne de sol com queijo coalho ou uma versão mais havaiana de Lombinho com abacaxi também não deixam a desejar. Na verdade, é muito dificil eleger um favorito, mas no caso desta jornalista, salmão sempre será o eleito. Além do sabor, os wraps trazem outro atrativo, o preço: O sanduíche extremamente bem servido sai por menos de 10 reais.

Wrap de tomate seco com rúcula e mussarela, uma boa pedida para quem não come carne.

O Cardápio surpresa

Não sei definir se isso seria um defeito ou uma agradável supresa, mas as melhores opções do restaurante não estão no cardápio. Fato é que o jovem chef sempre tem uma supresa para quem chega ao restaurante a procura de algo para jantar. De carnes cozidas aos frutos do mar, a dica é perguntar ao garçon qual é a “novidade do dia”. Durante minha visita dois pratos chamaram a atenção: O lobinho Suíno de panela e a Costelinha de porco grelhada com molho barbecue.

Imagem
prato especial da noite: lombinho suíno.

Particularmente a costelinha de porco, que virou minha favorita, é preparada com uma tecnica francesa de Sous-vide, que é um cozimento à vácuo em baixíssima temperatura (cerca de 60 graus célcios) e por um longo período de tempo (em média, 18 horas) a técnica evita que a carne perca sua integridade e mantenha o máximo do sabor e textura original. A carne cozinha em seus própios sucos e com temperos, o que faz com que ela fica levinha, macia e quase que se derretendo na boca. Para finalizar, ela é glaceada com molho barbecue (uma espécie de molho agridoce e levemente defumado, típico dos churrascos americanos) e grelhada, acompanha nada além de pão sírio mácio… E nem precisa de mais. Os pratos especiais custam entre 20 e 40 reais e servem em média 2 pessoas.

Imagem
A rainha da noite: costelinha suína com molho barbecue.

Para os gourmets domésticos é possível levar algumas das carnes já temperadas e pré-cozidas pra casa, o restaurante vende as carnes congeladas, é só consultar o garçon. Também é possível encomendar pratos especiais, basta combinar com recendência com o chef Guilherme pessoalmente ou ligando para o restaurante.

E você tem sede de que?

Para acompanhar tudo isso nada melhor que um suquinho, a sugestão é a mistura de suco de laranja com morango, combinando o docinho do morango com a acidez da laranja, que ajuda a deixar tudo mais gostoso. Outro destaque da casa é a carta “virtual” de cervejas, a maioria delas não está no cardápio, mas está a bem a vista dos clientes, em geladeiras de portas transparentes dentro do restaurante. Para quem está em grupo, a melhor opção são a americana Budwiser e a uruguaia Norteña, nas versões de 1l. Para quem vai beber sozinho, as opções são a belga Stella Artois (que estava nevada no dia de nossa visita), e as nacionais Eisenbahn, Brahma, Skol e Devassa. Para quem quer algo mais “quente”, a casa está bem munida de cachaça mineira Divina, envelhecida em barris de carvalho, também serve capirinhas, capiroska e caipifrutas, vale destacar a caipifruta de morango e a de caju feitas com cachaça Divina, que dá um sabor todo especial. O restaurante também possui uma boa variedade de refrigerantes.

Ah… a sobremesa!

Se depois de toda essa comilança ainda houver espaço para a sobremesa, a casa não faz feio. Entre as opções que o restaurante oferece estão o pudim de leite, torta de chocolate cremosa com biscoito e a [deliciosa] torta ferrero. Sou suspeita para avaliar está sobremesa, por que adoro chocolate, brownie e avelã. Está linda torta em formato de gota, decorada com com chocolate amargo é inspirada no famoso chocolate italiano FerreroRocher. É composta por uma massa macia de brownie, uma mousse levíssima de chocolate amargo e bem servida de pedaços graúdos de avelã, simplesmente uma combinação perfeita. O preço é ainda mais simpático, a porção individual custa apenas R$5.

Imagem
torta Ferrero, dispensa comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.